novembro 8, 2012 2 Comentários

PROJETO ARTE PARA A MOBILIZAÇÃO SOCIAL

O Mobilizasin é  um núcleo de arte para a mobilização social do INSEA.  Mobilizar é a reunir pessoas, como sujeitos de direitos e cidadãos,  que definem objetivos e compartilham sentimentos,  conhecimentos e responsabilidades  para a transformação de uma dada realidade,  movidos por um acordo em relação a determinada causa de interesse público.

O Projeto, através do Núcleo Artístico,  direciona suas ações criativas em função da causa dos catadores e catadoras de materiais recicláveis. O Mobilizasin realiza espetáculos temáticos voltados para questões ambientais, mística em encontros de Catadores, intervenções cênicas e musicais e mobilizações educativas sobre coleta seletiva de recicláveis.

 

Comments

    Fábio Góes

    Boa dia, gostaria de saber mais informações sobre o Projeto Arte para Mobilização Social,

    resido na cidade de Uberlândia e gostaria de saber se existe algum Núcleo do Projeto por aqui!?

    Antônio Coquito

    Prezado Fábio

    Bom dia!

    Agradecemos o contato com o INSEA!
    Sua solicitação foi encaminhada à coordenação.
    Favor aguardar o retorno!
    Qualquer dúvida, encaminhei suas dúvidas para o e-mail:
    antoniocoquito@insea.org.br

    Abraços

    Antônio Coquito
    Jornalista Profissional MG06239JP
    Especialista em Marketing e Comunicação
    Assessor de Comunicação INSEA
    R. Minduri, 492- Bairro Santa Inês
    Fone: (31) 3295.7270
    E-mail: antoniocoquito@insea.org.br
    Site: http://www.insea.org.br

Comments are closed.

Nossos Parceiros

A dedicação e empenho dessas instituições, tornaram possíveis a produção e continuidade dos projetos desenvolvidos pelo INSEA.


Hoje o Insea atua em mais de 20 projetos com o apoio dessas instituições. Sua empresa também pode ajudar a construir esta história! Entre em contato! Entre em contato!

cemig
ABHIPEC
danone-novo_cilco-parceiro-logo
dka_austria
wiego
Funcacao-bb
petrobras
governo_federal-insea
mncr
Desenvolvido por mOiDesign.
Todos os direitos reservados | INSEA