lixo zero
outubro 19, 2017 Nenhum Comentário

SANTA TEREZA É LIXO ZERO

 

“Vamos conseguir fazer do Santa Tereza um bairro Lixo Zero” , comemorou   Luisa Furtado, professora da Escola Professor Lourenço de Oliveira (EMPLO) e idealizadora do Projeto Rede Lixo Zero,  na mobilização   de lançamento do Projeto, ontem (18), que envolveu  a população do bairro.  Luísa acredita que a Rede pós-lançamento entra num processo efetivo de mais aproximação com quem vive na região. “Queremos contagiar cada vez mais moradores, parceiros e pessoas da comunidade a fazer parte do movimento da coleta seletiva, fazendo a Rede crescer,” afirmou.

Para o engenheiro de produção Marcelo Souza,  a aglutinação de parceiros e comunidade faz com  que o trabalho concretize sua proposta. “ A Rede Lixo Zero Santa Tereza torna viva as propostas e as ações pensadas  no conceito Lixo Zero,” argumenta.   Neste sentido, ele reforça a importância da territorialidade presente no projeto e o protagonismo de quem vive no bairro. “É impossível fomentar algo se as pessoas que vivem na região não se envolverem diretamente. Estamos apostando no engajamento crescente de todos”, declara.

Com a participação direta dos moradores na preocupação planetária com a questão do lixo,  o Santa Tereza, região Leste de Belo Horizonte, contribui com respostas e soluções práticas.  Luisa reforça que “o movimento traz a inovação com o conceito do Lixo Zero e a intenção é reduzir 90% do material gerado diariamente nas residências”.  De forma inovadora, o trabalho na região contribui com a política  municipal de gestão de resíduos. A professora destaca que “embora a coleta seletiva seja conhecida em Belo Horizonte , só 1 % (um por cento) do material chega nas cooperativas de catadores de materiais recicláveis”.

NOVOS PASSOS DA REDE

Além da ação direta com os moradores, a Lixo Zero contará com maior um canal de comunicação com o Santa Tereza. Luísa explica “será criada uma rede virtual para maiores informações, para aumentar o trabalho no bairro e  motivar novos parceiros.” A coleta seletiva avançará no sentido de estar mais estruturada dentro da proposta Lixo Zero. A professora esclarece que, no segundo momento, “vamos coletar pilhas, lâmpadas e lixo  eletroeletrônico, óleo de cozinha e outros materiais.” No momento,  a coleta recolhe papeis, plásticos,  papelão e metais.

A Rede tem o papel político de contribuir também com as políticas públicas.  Marcelo analisa que “a Rede cria capital social de pessoas engajadas que vão e exigir do poder público maior investimento, participação, presença dos catadores na coleta seletiva e outras exigências que estão no Plano Municipal de Gestão de Resíduos de Belo Horizonte (PMGRBH).

 

INFORMAÇOES SOBRE A REDE LIXO  ZERO SANTA TEREZA

Site: www.insea.org.br

E-mail:  insea@insea.org.br

Fone: (31) 3295.7270

 

Matéria produzida por Antônio Coqiuto, jornalista e assessor de comunicação INSEA

Foto: Antônio Coquito

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros

A dedicação e empenho dessas instituições, tornaram possíveis a produção e continuidade dos projetos desenvolvidos pelo INSEA.


Hoje o Insea atua em mais de 20 projetos com o apoio dessas instituições. Sua empresa também pode ajudar a construir esta história! Entre em contato! Entre em contato!

cemig
ABHIPEC
danone-novo_cilco-parceiro-logo
dka_austria
wiego
Funcacao-bb
petrobras
governo_federal-insea
mncr
Desenvolvido por mOiDesign.
Todos os direitos reservados | INSEA