Por ano, são geradas quase 50 toneladas de lixo eletrônico no mundo.
junho 12, 2019 1 Comentário

Lixo eletrônico: Pensando soluções!

Por ano, são geradas quase 50 toneladas de lixo eletrônico no mundo. Arte: CEDIR / USP.

Por ano, são geradas quase 50 toneladas de lixo eletrônico no mundo. Arte: CEDIR / USP.

Um olhar atento aos resíduos eletro-eletrônicos é necessário, uma vez que o descarte desse tipo de material cresce exponencialmente a cada ano e confere sérios riscos de contaminação ao meio ambiente com graves conseqüências à saúde pública. O relatório Global E-Waste Monitor 2017 elaborado pela Universidade das Nações Unidas, União Internacional de Telecomunicações e pela Associação Internacional de Resíduos Sólidos, aponta que, no ano de 2016, foram produzidos 44.7 milhões de toneladas de e-waste (lixo eletrônico) no mundo, o que corresponde a 4.500 Torres Eiffel. A estimativa é de que até 2021 esse número deve crescer 17%.

Ainda segundo o relatório, o Brasil é o maior produtor de lixo da América Latina e o segundo de todo o continente americano, produzindo 1.5 milhões de toneladas e ficando atrás apenas dos Estados Unidos (6.3 milhões de toneladas). Estima-se que cada brasileiro gera 7,4kg de lixo eletrônico por ano.

IMG_20190611_160228339Precisamos reverter esse quadro que ameaça nossa sobrevivência, não é mesmo?

Nesta terça-feira, 11 de junho, parte da equipe INSEA reuniu-se com Cinthia Versiani, do Núcleo Alternativas de Produção da UFMG, para discutir sobre a problemática dos resíduos eletro-eletrônicos. A pesquisadora compartilhou informações e experiências levantadas no estudo que ela realiza desde 2014 nos estados de Minas Gerais e São Paulo, contribuindo para a formatação de um novo projeto que estamos elaborando com parcerias para tratar de problemas e soluções da destinação correta de eletroeletrônicos dispensados na capital e região metropolitana, de forma a beneficiar o meio ambiente e proporcionar mais trabalho e renda para catadores de materiais recicláveis.

Em breve novidades, acompanhem!

Comments

    Neli

    Boa noite, companheiros do Insea.
    Acredito que vai ser mais um projeto brilhante que ajudará a dar destinação correta ao eletroeletrônico, solução a um rediduo de dificil reciclagem, além de gerar trabalho e renda ao catador.
    Parabéns a toda equipe envolvida!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros

A dedicação e empenho dessas instituições, tornaram possíveis a produção e continuidade dos projetos desenvolvidos pelo INSEA.


Hoje o Insea atua em mais de 20 projetos com o apoio dessas instituições. Sua empresa também pode ajudar a construir esta história! Entre em contato! Entre em contato!

cemig
ABHIPEC
danone-novo_cilco-parceiro-logo
dka_austria
wiego
Funcacao-bb
petrobras
governo_federal-insea
mncr
Desenvolvido por mOiDesign.
Todos os direitos reservados | INSEA