Comunidade indígena da aldeia Katurãma passa por formação sobre incêndios, em parceria com o Corpo de Bombeiros, com apoio  da ATI | Jessica de Almeida/INSEA
abril 20, 2022 Nenhum Comentário

Comunidade indígena da aldeia Katurãma passa por formação sobre incêndios, em parceria com o Corpo de Bombeiros, com apoio da ATI

Comunidade e Sargento Arthur passam por demonstração e apagamento de fogo florestal. | Jessica de Almeida/INSEA

Comunidade e Sargento Arthur passam por demonstração e apagamento de fogo florestal. | Jessica de Almeida/INSEA

Indígenas da aldeia Katurãma, localizada no município de São Joaquim de Bicas (MG), passaram, hoje (20), por uma formação sobre prevenção e combate a incêndios na Academia de Bombeiros Militar (ABM), em Contagem (MG). Com o apoio da Assessoria Técnica Independente (ATI) executada pelo INSEA, em articulação com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), a atividade,  ministrada pelo Sargento BM Arthur,  se concentrou na prevenção a incêndios florestais e urbanos. 

O objetivo foi formar os e as indígenas para que saibam proceder em casos de incêndio na floresta em que a aldeia está localizada. Durante a aula, a comunidade indígena Katurãma aprendeu sobre a Teoria do Fogo; causas, fases e classes de um incêndio; meios de propagação do calor; aspectos de segurança que fazem com que civis possam atuar apenas em casos de princípio de incêndio (não em incêndios já desencadeados), e sobre os equipamentos de combate a incêndios. 

Comunidade indígena da aldeia Katurãma visita Academia de Bombeiros Militar para aprender sobre a prevenção e o combate a incêndios. À frente, o Sargento Arthur, que ministrou a atividade. | Jessica de Almeida/INSEA

Comunidade indígena da aldeia Katurãma visita Academia de Bombeiros Militar para aprender sobre a prevenção e o combate a incêndios. À frente, o Sargento Arthur, que ministrou a atividade. | Jessica de Almeida/INSEA

“Estamos gratos pela oportunidade desse curso hoje e de aprender a cuidar mais da nossa comunidade”, avalia a cacica Ãgohó. 

Ao final da atividade, comunidade participou de uma simulação de combate a incêndios florestais. com a participação ativa dos indígenas.

“Devido ao meio em que a comunidade está inserida e a construção das ocas, o risco de incêndio é muito grande. Que a gente possa minimizar esse risco, orientando a todos e todas sobre medidas preventivas”, avaliou o Sargento Arthur. 

Da atividade, ficou encaminhada uma visita futura da Corporação na Aldeia Katurãma, para que possam conhecer o território e compartilhar novas instruções para preservação e cuidado da mata.

Nossos Parceiros

A dedicação e empenho dessas instituições, tornaram possíveis a produção e continuidade dos projetos desenvolvidos pelo INSEA.


Hoje o Insea atua em mais de 20 projetos com o apoio dessas instituições. Sua empresa também pode ajudar a construir esta história! Entre em contato! Entre em contato!

cemig
ABHIPEC
danone-novo_cilco-parceiro-logo
dka_austria
wiego
Funcacao-bb
petrobras
governo_federal-insea
mncr
Desenvolvido por mOiDesign.
Todos os direitos reservados | INSEA