Um dos desenhos elaborado por familiares do Senhor Gervásio e Dona Antônia | Anari Bomfim/INSEA
abril 6, 2022 Nenhum Comentário

ATI presta apoio técnico na ilustração e publicação de livro infantil escrito por filha de Senhor Gervásio e Dona Antônia

Indígenas Pataxó do tronco familiar do Senhor Gervásio e Dona Antônia receberam, na quarta-feira (6), a Assessoria Técnica Independente (ATI-Insea), para confecção dos desenhos que vão compor um livro infantil com memórias da família. A escrita da obra veio da mente e das mãos de Raquel Souza, filha do Senhor Gervásio e Dona Antônia, professora, um dos pilares da família, e que faleceu aos 58 anos, em 2019, vítima de câncer do colo de útero. 

Com o texto pronto há muitos anos, o tronco familiar se mobilizou, com o apoio técnico da ATI, na figura de Anari Bomfim, especialista em  educação, para ilustrar o livro com desenhos dos próprios familiares. O objetivo é que a  obra seja publicada. A materialização do livro é um desejo da família e um sonho antigo de Raquel. A atividade também contou com apoio da mobilizadora social da ATI, Rosemeire Pereira. 

Familiares do Senhor Gervásio e Dona Antônia confeccionam desenhos que irão ilustrar livro escrito por uma parente | Anari Bomfim/INSEA

Familiares do Senhor Gervásio e Dona Antônia confeccionam desenhos que irão ilustrar livro escrito por uma parente | Anari Bomfim/INSEA

Diante de um processo de reparação integral que dura mais de três anos, a oficina de desenhos foi um momento para celebrarem as boas memórias em família. “[a oficina de desenhos] foi muito agradável pra gente, pois o processo é desgastante”, diz Kenya Donato, liderança do tronco familiar do Senhor Gervásio e Dona Antônia e sobrinha de Raquel. “Poder lembrar da tia Kel com a família é realmente maravilhoso, foi muito divertido, a gente riu de nossos próprios desenhos”.

O livro será destinado ao público infantil e vai compor a biblioteca da escola indígena da aldeia Naô Xohã, dos Pataxó e Pataxó Hã-hã-hãe, localizada em São Joaquim de Bicas (MG).

A analista de educação da ATI, Anari Bomfim, destaca que a leitura dele é importante para qualquer pessoa que se interessa por literatura. E completa: “Fico feliz que a ATI possa colaborar para a publicação deste material, que servirá para escolas indígenas e não indígenas, além de ser uma memória muito valiosa para a família do Senhor Gervásio e Dona Antônia”. 

 

Quem são o tronco familiar do Senhor Gervásio e Dona Antônia 

Um dos desenhos elaborado por familiares do Senhor Gervásio e Dona Antônia | Anari Bomfim/INSEA

Um dos desenhos elaborado por familiares do Senhor Gervásio e Dona Antônia | Anari Bomfim/INSEA

Com todos os impactos causados pelo rompimento da barragem da Vale, parte da comunidade Naô Xohã se viu forçada a sair do território indígena em São Joaquim de Bicas e a se instalar provisoriamente em centros urbanos. É o caso, do tronco dos anciões, Gervásio e Antônia, que mora  em Belo Horizonte (MG) e em outros municípios de Minas Gerais. 

Na cidade, a família tem a autonomia na forma de se auto-organizar e, apesar de estarem no centro urbano, além de terem sofrido os danos causados pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG), também enfrentam os problemas cotidianos das grandes cidades: mobilidade urbana, poluição, alimentação fora dos costumes e episódios de preconceito. 

 

Nossos Parceiros

A dedicação e empenho dessas instituições, tornaram possíveis a produção e continuidade dos projetos desenvolvidos pelo INSEA.


Hoje o Insea atua em mais de 20 projetos com o apoio dessas instituições. Sua empresa também pode ajudar a construir esta história! Entre em contato! Entre em contato!

cemig
ABHIPEC
danone-novo_cilco-parceiro-logo
dka_austria
wiego
Funcacao-bb
petrobras
governo_federal-insea
mncr
Desenvolvido por mOiDesign.
Todos os direitos reservados | INSEA